Pesquisar este blog

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Psoríase - Questão de pele

Esta doença de pele acontece quando as células da pele se dividem rápido demais - cerca de mil vezes mais rápido do que o normal. O resultado é um acavalamento da pele, na forma de escamas prateadas que provocam coceira, nas nádegas, no couro cabeludo, nas solas dos pés e na parte de trás dos pulsos, cotovelos, joelhos e tornozelos. Além disso, as unhas dos pés e das mãos podem perder o brilho e desenvolver buracos e saliências. Uma erupção pode ser desencadeada pelo estresse, infecções virais ou bacterianas, ou drogas como o lítio. A psoríase é mais comum entre as idades de quinze a vinte e cinco anos. Esta doença não é infecciosa. O tratamento consiste em aumentar os elementos como as poliaminas, que podem acelerar a reprodução das células.
Dentro da visão holística a função protetora da pele é transmutada em função de armadura - a pessoa estimula limites em todas as direções, por medo de ser magoada. Pode ser desencadeada por uma experiência que não permite à pessoa expressar plenamente seus sentimentos, que ficam reprimidos atrás de uma fachada dura("por detrás de uma casca dura, esconde-se um caroço mole"), impedindo que alguém chegue perto para que não a machuque novamente. É como se estivesse amortecendo os sentimentos e o eu.
A pessoa sente a fantasia de estar em carne viva, de perdido a proteção que a pele oferece. Por outro lado, a troca de pele pode ser lida como uma intenção de troca de identidade.
Representa também certa resistência em abandonar velhas condutas, modelos mentais ou aspectos da personalidade que já não servem.
Para que aja uma melhora a pessoa em questão precisa limitar-se, e com isso poder voltar a abrir-se: tornar-se novamente maravilhada, para vivenciar o maravilhoso; voltar a se abrir para o fluxo vivo, do amor e da dedicação.

Indicações importantes
.Alimentação - dieta rica em sucos centrifugados, tendo como base um suco preparado com três laranjas, três cenouras e uma maça. A esse suco básico (não pode ser usado por diabéticos e por pessoas com problemas renais graves ), acrescentam-se um ou dois vegetais dos seguintes citados: couve, brócolis, nabo, rabanete, pepino, repolho, salsinha, salsão, beterraba. Tomar quatro a seis copos todos os dias.
.Exponha a região afetada à luz do sol durante uma hora por dia. A aplicação de almofadas elétricas também se revelou eficaz. Tanto a luz do sol como as almofadas elétricas podem ajudar a reduzir a intensidade dos sintomas.
.Florais que deverão ser usados no tratamento: Rock Rose - Aspen - Cherry Plum - Olive - Star of Bethlehem - Chestnut Bud - Gorse - Chicory - Larch - Walnut - Mimulus.

Janice Stamm
Medicina Complementar
 

~v~v~v~v~v~v~v~

2 comentários:

Aninhas disse...

Olá, sofro de psoriase e estou a pensar fazer florais de bach ou outro tratamento do mesmo tipo. Devo tomar mais do que um floral? Quero reduzir este problema, conciliando a medicina tradicional com a homeopatia. O meu email é anastvieira@gmail.com
Obrigada,

Janice Angelotti ou Janice Stamm disse...

Olá Aninhas, aconselho uma consulta com um Terapeuta Floral para que possa haver uma avaliação do seu caso e consequentemente a indicação correta dos florais, abraço!